segunda-feira, setembro 01, 2003

Instrumentos de tortura - A serra


“A clareza da gravura dispensa grandes comentários ou descrições. A serra fotografada, é antiga, não podendo ser associada, especificamente, a fins relacionados com a tortura, que pode ser levada a cabo com qualquer serra de lenhador utilizada a quatro mãos e com grandes dentes. O exemplar que aqui se mostra é uma delas, seguramente, com mais de dois séculos (possivelmente séc. XVIII). A sua proveniência é Espanhola de uma colecção privada.

A história é profícua em mártires – religiosos, laicos e anti-religiosos – que sofreram este suplício, talvez pior que a cremação lenta ou a submersão em azeite fervente. Devido à posição invertida, que assegura suficiente oxigenação do cérebro e impede a perda geral de sangue, a vítima não perdia a consciência até que a serra alcançava o umbigo, ou mesmo o peito (a acreditar em alguns relatos, de princípios do séc. XIX).

Serra (séc. XVIII)

A serra era frequentemente aplicada,a homossexuais de ambos os sexos, ainda que predominantemente a homens. Em Espanha, a serra foi um meio de execução militar, até ao final do séc. XVIII, segundo referências contemporâneas, que não citam, apesar disso nenhum facto concreto. Na Catalunha, durante a guerra da independência (1808-14), os guerrilheiros catalães submeteram dezenas, ou mesmo centenas de oficiais franceses, espanhóis e ingleses, à serra sem se preocuparem com as alianças do momento. Na Alemanha luterana, a serra estava reservada aos cabecilhas dos movimentos rebeldes de camponeses e, em França, às bruxas, ‘engravidadas por Satanás’.”

Informações sobre a origem, autoria e motivação da publicação deste post, aqui.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home