quinta-feira, julho 29, 2004

Instrumentos de tortura – Pêra Oral, Rectal e Vaginal

Este instrumento usava-se no passado e até há bem pouco tempo sem grandes alterações no seu aspecto – conforme mostrado numa recente reportagem na SIC sobre as torturas da família Hussein no Iraque – em formatos orais e rectais tal como o da foto, e em formato vaginal de tamanho maior.


















Colocava-se na boca, recto ou vagina da vítima e ali se abriam por meio de um parafuso até atingir a sua máxima abertura. O interior da cavidade afectada fica irremediavelmente mutilado. As pontas que sobressaem do extremo de cada segmento, serviam para desfazer a garganta, o recto, ou o útero, pois penetravam bastante fundo. A pêra oral aplicava-se frequentemente aos hereges e também, aos criminosos laicos de tendências anti-ortodoxas. A pêra vaginal, estava destinada às mulheres culpadas de relações com Satanás, ou com um dos seus familiares e por último, a rectal era aplicada aos homossexuais passivos.

Informações sobre a origem, autoria e motivação da publicação deste post, aqui.

1 Comments:

At 20 novembro, 2009 05:19, Anonymous Anónimo said...

Aprendi muito

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home