quarta-feira, junho 08, 2005

Instrumentos de tortura - O destroçador de seios

Origem: Coleção privada (Ex-Colecção Donley, Ipswich, Inglaterra)

Instrumento usado na Europa entre 1300 e 1700.

Frias ou em brasa, as quatro pontas deste instrumento rasgavam e transformavam em massas disformes, os seios de um sem número de mulheres, condenadas por heresia, blasfémia, adultério e muitos outros “actos libidinosos”, por aborto provocado, magia branca erótica, entre outros delitos.

Em vários lugares e em diferentes épocas – nalgumas regiões de França e Alemanha até ao início do século XIX – este método era aplicado a casos de mães solteiras, enquanto os seus bebés se contorciam no chão, salpicados pelo sangue materno.

Além da função punitiva, o destroçador de seios servia, também, como instrumento de tortura inquisitorial e judicial.



Informações sobre a origem, autoria e motivação da publicação deste post, aqui.

3 Comments:

At 08 novembro, 2006 13:55, Blogger Morning said...

Não sabia desta.
Dá que pensar no que as mulheres sofriam na idade média. Sempre vistas como encarnações do diabo.
x)

 
At 09 novembro, 2006 15:10, Blogger * Pucca * said...

A Santa Inquisição Católico Romana.. como lhe chamavam.. uma das maiores vergonhas da humanidade que dificilmente se irá esquecer...

 
At 26 novembro, 2007 00:54, Anonymous Anónimo said...

senhores

a satanização da mulher pela igreja é devido ao consensu que Jesus era casado com Maria madalena, ela não era prostituta , essa diretriz é mantida devido aos costumes dos judeus naquela epoca, com isso não estou denegrindo a Jesus , pois não devemos misturar as coisas , suas mensagens foram de grande importancia para a humanidade , mais como sempre a fome de poder criou na igreja catolica um meio de senhores abastados controlar uma grande massa de pessoas pelo medo assim atingindo uma posição de controle que ate hoje influencia a politica de varios paises , para provar basta ver que a igreja possui um dos maiores bancos do mundo

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home