sábado, maio 21, 2005

"Portugal dos pequeninos"

Porque o objectivo d' A Matriz é apontar a realidade por trás das aparências, por trás do que é escondido ou ocultado para nos manter a dormir, passo a transcrever um texto de Paulo Garcia na SIC Online do dia 11 de Maio passado, como um exemplo de alguém que, na minha opinião, anda com os olhos abertos no que à realidade do futebol Luso diz respeito.

Com a devida vénia:

"Portugal dos pequeninos...

Há uma incoerência no futebol português que começa a transformar-se num dilema indecifrável: afinal o futebol português é, ou não, nivelado por baixo?

E, quando todos referimos nos nossos comentários que o nível qualitativo é baixo, estamos a centralizar a nossa crítica em que área:

- Na qualidade futebolística ou falta dela?

- Na incompetência organizativa a que não falta, desgraçadamente, o expectro habilidoso do alinhamento rasteiro e da chica-espertice clubística?

- Na colocação de dirigentes, publicamente vinculados a determinados clubes, à frente de outros clubes (mais pequenos, claro) com o intuito de falsificar resultados, abrindo caminho para a compra não só da dignidade desses mesmos pequenos clubes (quase sempre falidos, sem apoios de ninguém), mas também para a compra do seu património a realizar (terrenos, prédios, bombas de gasolina, etc) com lucros posteriores a repartir por vários interessados menos o desgraçado do próprio clube (pequeno e desprotegido) que apenas serve de escudo para o branqueamento das negociatas?

- Nas jogadas de bastidores, que de bastidores já são cada vez menos?

- No execrável nível pessoal e intelectual da grande maioria dos dirigentes que o futebol português continua a ser capaz de inventar ?

- No ar passivo, tolerante, de aparente cumplicidade em que os nossos árbitros se deixam cair, como se de uma sociedade secreta e manobrável se tratasse?

Falamos de quê, afinal, quando levantamos a voz e gritamos que NÃO GOSTAMOS DO FUTEBOL DE CÁ - da nossa terrinha ?

E onde é que encaixam afinal, os grandes êxitos do futebol português a nível internacional?

- Das grandes vitórias do FC Porto, que por serem constantes se afirmam como imagem de qualidade nacional reconhecida?

- Do vice-título da selecção portuguesa no Euro?

- Da soberba campanha do Sporting na Taça UEFA, culminada com a presença, para já, na final ?

Caberá esta onda nata de qualidade no nosso quintalzinho de pontapé na bola?

Será legítimo chamar a isto FUTEBOL PORTUGUÊS?"

Paulo Garcia - Jornalista

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home